Blog SW9

Desenvolvimento Web e Híbrido na prática.
Tome um café, concentre-se, codifique. (งツ)ว

STRAPI NODEJS CMF | Nunca foi tão fácil criar uma API | Primeiros Passos | SW9

STRAPI NODEJS CMF | Nunca foi tão fácil criar uma API | Primeiros Passos | SW9

Olá Pessoal. Sejam Bem Vindos ao canal e blog SW9 (http://blog.sw9.com.br) 👋

Tem muita coisa legal que eu gostaria de compartilhar sobre o STRAPI, portanto, fiquem atentos que os próximos episódios serão dedicados a ele. 🙏

Todo o conteúdo preparado durante esta imersão, vai fornecer todas as condições para utilizar o STRAPI nos seus projetos, trazendo segurança, facilidade de manutenção, escalabilidade e performance. Então você é o meu convidado a partir de agora para acompanhar esta nova forma de construir APIs.🤙

#O que você vai aprender hoje?

Você vai ter uma visão geral sobre este framework, quais os pré-requisitos para instalação, instalar o STRAPI usando o gerenciador de pacotes npm, criar nosso primeiro projeto, rodar o STRAPI e acessarmos o seu Dashboard Admin. O melhor é que todo este processo é simples e rápido. Ao final deste episódio seremos capazes de, no próximo episódio, criarmos a nossa primeira API.

#Mas o que é Strapi?

Eu tive meu primeiro contato com o STRAPI quando estava buscando 🔎 formas mais inteligentes, intuitivas, rápidas e viáveis para construção de APIs. Após um levantamento das possibilidades que haviam no mercado, eis que me deparo com o site Strapi.io.

Mas enfim, o que seria o tal do STRAPI? Sendo o mais objetivo possível, ele é um Framework de Gerenciamento de Conteúdo (CMF) de código aberto e baseado no Node.JS. Usando este CMF, será possível criar APIs, gerenciá-las a partir de um painel de controle e distribuí-las em qualquer lugar. 👏👏👏

#Porque você deveria utilizá-lo?

Eu poderia listar uma série de benefícios que levaria você a considerá-lo em seus próximos projetos, mas as 4 características mais importantes são: segurança, performance, documentação e flexibilidade.

O STRAPI vai viabilizar a criação de nossas APIs de forma segura, te dando a livre escolha de onde publicá-las, seja no host de sua preferência, na sua rede corporativa ou na nuvem.

#O que você precisa para começar?

Antes de nos aventurarmos, é necessário garantir que os pré-requisitos para a instalação do STRAPI sejam atendidos.

Você vai precisar do Node.JS e NPM instalados em seu ambiente. A versão exigida no momento que criei este conteúdo, é a versão 10.0.0 do Node.JS.

#Instalando o Node.JS?

Todo o projeto será construído em ambiente Windows, sendo assim, a forma que acho mais correta para instalar o Node.JS é via NVM. Esta ferramenta vai permitir instalar, atualizar e gerenciar várias versões de Node.JS. Após a instalação da versão 10.0 do NodeJs, o próximo passo é instalar o STRAPI.

#Instalando o Strapi

Com apenas um simples comando conseguimos instalar o STRAPI de forma global, para que seja possível rodar todos os comandos necessários e disponíveis no strapi cli.

npm install strapi@beta -g

Pronto, é só aguardar alguns segundos e você já pode usar comandos STRAPI via console.

#Precisa de ajuda?

Para você obter uma ajuda 🆘 do STRAPI, basta digitar strapi -h no prompt, e na sequencia uma lista de comandos habilitados será exibida.

#Criando o primeiro projeto

Agora estamos preparados para criar o primeiro projeto usando STRAPI. Em primeiro lugar, devemos definir um diretório em sua unidade de disco, acessá-lo, e na sequencia executar o comando

strapi new [nome do projeto] --quickstart

No nosso caso, como vamos criar um projeto chamado sw9, o comando vai ficar assim: strapi new sw9 –quickstart

Ao término do setup, o projeto estará pronto e será iniciado automaticamente.

#Mais sobre a flag quickstart

Quando usamos a flag –quickstart, o processo de setup vai fazer download de todos os módulos node (node modules), todos os arquivos necessários para o funcionamento do STRAPI e também os arquivos de plugin.

No entanto, o ponto mais importante que você precisa saber sobre o uso da flag –quickstrat, é que, por padrão, o projeto será criado usando o banco de dados SQLite.

Ao longo desta série, eu vou explicar como podemos usar o banco de dados MongoDb em substituição ao SQLite.

#Acessando a área Admin

Ao final do processo de setup, o STRAPI será iniciado automaticamente e a área admin ficará disponível para acesso via navegador.

Por padrão, a url para acessar a área admin será localhost:1337/admin

#Criando seu login de administrador

Ao acessar pela primeira vez a área admin, você será direcionado para uma tela de registro de usuário. O processo aqui é bem simples. Basta informar os dados solicitados no formulário, e se tudo correr bem, o seu login de administrador será criado e você estará apto a acessar a área admin do STRAPI.

#Super dicas de hoje 💡

1- strapi develop

O uso do comando strapi develop, vai iniciar o STRAPI em modo de desenvolvimento. Este modo vai ativar a gestão de tipos de conteúdo (content type) na área admin do Strapi.

2- flag –quickstart

Lembre-se que usando a flag –quickstart durante o setup, o projeto será criado adotando como padrão o banco de dados SQLite.

#Hora de assistir ao vídeo

Chegou o momento de arregaçar as mangas e colocar a mão na massa. 🏃🏿 🏃🏻‍♂️ 🏃‍♀️

Aprenda HTML 5 e CSS 3

Comece a criar Sites Com o Melhor do HTML 5 e CSS 3
Curso Relacionado

[Conclusão]

No episódio de hoje [STRAPI NODEJS CMF | Nunca foi tão fácil criar uma API | Primeiros Passos | SW9],  você teve uma visão geral sobre este framework, quais os pré-requisitos para instalação, instalar o STRAPI usando o gerenciador de pacotes npm, criar nosso primeiro projeto, rodar o STRAPI e acessarmos o seu Dashboard Admin. O melhor é que todo este processo é simples e rápido.

Bom, por hoje é só. Aproveitem o vídeo e bons estudos. Fiquem antenados, que em breve teremos mais novidades.

Espero que gostem deste vídeo. Aproveito para pedir a participação de vocês no canal e blog, curtindo, compartilhando, dando sua opinião e se inscrevendo no canal e blog para receber as novidades em primeira mão.

Fiquem com Deus e até o próximo vídeo.

[Links úteis]

Curso Relacionado: [Aprenda HTML 5 e CSS 3 e Comece a Criar Seus Próprios Sites] – https://goo.gl/QsLPph

Link do vídeo: https://youtu.be/9GAl1nlNcbo

Playlist Icon Animation: https://www.youtube.com/watch?v=9pWK8YVWYlU&list=PLtluGZbI5ESgzeLrEN4zayQ1PbwawR216

PlayList Mega Série HTML5: https://www.youtube.com/watch?v=D-XN-miEwP0&list=PLtluGZbI5ESj8XWTJcJmrVW6Q_tCi7uR8

Área de Downloads: http://blog.sw9.com.br/acesso-area-de-downloads/

Meu Blog: http://blog.sw9.com.br

Meu GitHub: https://sw9brl.github.io/MyGitHubPage

Canal youtube: https://youtube.com/+sw9brl

✔ Clique em gostei ✔ Compartilhe ✔ Inscreva-se

Tópicos Relacionados

Deixe um comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Paulo Eduardo
Geek desde criança, sempre me interessei por games, filmes e tecnologia. Sou graduado em engenharia da computação pela PUC Campinas. Possuo mais de 15 anos de experiência em desenvolvimento, com foco maior em desenvolvimento web, gestão de times e mais recentemente desenvolvimento mobile utilizando HTML e Javascript.

Termos como #backend, #frontend e #fullstack fazem parte do meu dia a dia.

Não deixe de acompanhar meu blog, canal youtube e meus produtos digitais.

Divirta-se e bons estudos. :-)
Paulo Eduardo on sabyoutubePaulo Eduardo on sabinstagramPaulo Eduardo on sabgithubPaulo Eduardo on sabfacebook
✌(◕‿-)✌ Tempo Limitado - Tenha acesso a nossa área de DownloadsClique Aqui - É Grátis
How to whitelist website on AdBlocker?